Itália

Como planejar uma viagem à Itália

Confira todas as dicas de como planejar uma viagem à Itália, para conseguir ter uma ótima experiência nesse país incrível.

Paisagem da costa e Lago de Garda na Itália

Confira todas as dicas de como planejar uma viagem à Itália, para conseguir ter uma ótima experiência nesse país incrível. A Itália é repleta de história, cultura e gastronomia. Portanto, para aproveitar tudo ao máximo, é importante ter cuidado e atenção aos detalhes.

1. Quando viajar à Itália?

O primeiro passo para planejar uma viagem à Itália é definir quando ela acontecerá. Para isso, é necessário saber como é o clima da Itália e as principais características de cada estação do ano. As melhores épocas para você conhecer o país são as meias-estações, ou seja, primavera e outono.

Vista da cidade de Florença na primavera

A primavera se estende de março a maio e traz temperaturas amenas, que variam de 15°C a 25°C. Por isso, proporciona um clima agradável para explorar as cidades italianas. As paisagens nessa época, quando os jardins florescem, são encantadoras e românticas.

Na primavera, acontecem vários festivais, e eventos culturais e gastronômicos. Além disso, as multidões ainda não atingiram seu pico, então você conseguirá visitar as principais atrações da Itália sem dificuldade.

Paisagem do Lago Como na primavera na Itália

Em contrapartida, o outono acontece de setembro a novembro, com temperaturas amenas, que também variam entre 15°C e 25°C. As paisagens das cidades italianas ficam ainda mais charmosas, pois se transformam em uma paleta de cores vibrantes.

Essa estação é a época da colheita, sendo ótima para passeios em vinícolas. Aproveite o outono para visitar, também, as pequenas cidades. Elas trazem uma atmosfera tranquila e permitem uma imersão cultural mais profunda.

Outono em Verona

Veja, também, a nossa matéria sobre os meses de alta e baixa temporada na Itália.

2. Quantos dias ficar na Itália?

Para seguir com todo o seu planejamento de viagem, é necessário primeiro escolher a quantidade de dias que ficará no país. Isso dependerá de sua disponibilidade, mas também influenciará em seus passeios e no quanto você conseguirá conhecer de cada lugar.

Paisagem do pôr do sol em Siena

Para visitar, pelo menos, as principais cidades do país, nós indicamos 10 dias de viagem no mínimo. O ideal para fazer um roteiro perfeito pela Itália são 15 dias, pois assim você conseguirá passar um tempo razoável em cada região. Além disso, será possível conhecer muitos dos principais pontos turísticos.

Grande Canal em Veneza

Cada período de viagem demanda um roteiro diferente. Portanto, veja as nossas dicas de roteiro a seguir:

3. Quais cidades visitar na Itália?

Outra etapa essencial antes de sua viagem é escolher quais cidades você deseja visitar na Itália. Essa escolha está diretamente ligada a quantos dias você passará no país. A Itália conta com várias regiões maravilhosas e bastante atrativas, por isso você deve levar em consideração os seus interesses.

Piazza del Duomo à noite em Milão

As cidades de Roma, Florença, Veneza, Milão e as regiões da Toscana e da Costa Amalfitana estão entre as principais, mas são apenas algumas opções. A nossa dica é que você pesquise sobre cada lugar, considerando sua história, arte e paisagens. Veja, também, nossa matéria com as principais cidades turísticas da Itália.

Paisagem de construções na Costa Amalfitana

4. Documentos necessários para entrar na Itália

Para viajar à Itália, é necessário possuir um passaporte válido por pelo menos seis meses após a data de retorno. Se a sua viagem de turismo tiver duração de, no máximo, 90 dias (3 meses), não é necessário visto de entrada, somente passaporte.

Passaporte

5. Seguro viagem internacional para a Itália

O seguro viagem é obrigatório para quase toda a Europa, inclusive para a Itália, pois faz parte do Tratado de Scengen. Portanto, antes de viajar, você deve ter um Seguro Viagem Internacional com um valor mínimo de cobertura de 30 mil euros em assistência médica.

  • Entre os benefícios oferecidos pelo seguro viagem, estão assistência médica; assistência odontológica; seguro contra roubos, perda ou extravio de bagagem e muitas outras coberturas úteis.
Pesquisando preços de seguro viagem

A principal dica para contratar o melhor seguro viagem para a Itália é pesquisá-lo neste incrível comparador de preços de seguro viagem. É muito melhor e mais econômico do que ir direto nas seguradoras ou agências de viagem.

Para utilizá-lo, basta colocar o destino e a quantidade de dias que irá ficar por lá. E, em poucos segundos, ele mostra a você o orçamento das maiores e melhores seguradoras do mundo. É muito mais prático, e nós sempre encontramos os preços mais baratos nesse comparador.

Mala com tag de seguro viagem

Você pode contratar o seguro de viagem de sua preferência em menos de 5 minutos nesse site de comparador de preços. E, logo após, já recebe sua apólice por e-mail. É só imprimir e levar com você em sua viagem.

Outra dica importante é que quem for viajar por agência de turismo, por exemplo, pode contratar o seguro por conta própria mesmo na internet. Essa opção é muito mais barata do que o da agência de viagem.

Passeio de gôndola em Veneza na Itália

6. Passagens aéreas para a Itália

Algumas companhias aéreas oferecem vários descontos e promoções bem interessantes. Porém, para você não precisar ficar pesquisando cada uma, a nossa dica é utilizar um comparador de preços. Você só precisa colocar a data de sua viagem, que ele faz uma busca em todas as companhias aéreas da Itália e mostra as melhores opções.

Nós sempre utilizamos e recomendamos este comparador de passagens aéreas. Ele tem os melhores preços, além de ser muito seguro e um dos mais conhecidos do Brasil. Com essa ferramenta, você com certeza economizará muito na compra de suas passagens aéreas.

Passagem aérea para a Itália

Mais dicas para economizar nas passagens aéreas e viajar barato para a Itália

  • Evite a alta temporada e escolha bem o dia e horário de seu voo. Há datas alternativas que oferecem passagens aéreas muito mais baratas, como segunda, terça e quarta-feira.
  • Opte por voos com escala, que costumam ser muito mais baratos do que voos direto. Em contrapartida, é necessário considerar o tempo de escala e onde ela é feita, para não atrapalhar seu roteiro de viagem.
  • Não se esqueça de considerar o horário de check-in do hotel onde você irá se hospedar. Isto porque se você acabar chegando na noite anterior de seu check-in, porque economizou na passagem, terá de pagar uma diária a mais para conseguir dormir.
Viajantes no Coliseu de Roma

7. Chip de celular para usar na Itália

A melhor opção para economizar em sua viagem é comprar um chip internacional para utilizar. Isso porque se você usar o seu chip de celular normal, o preço da conta ficará absurdo. Para nós, depois desses anos todos testando vários chips diferentes e viajando por todo o mundo, o que mais gostamos e recomendamos para os nossos leitores é este aqui.

Ele tem um bom preço, comparado aos outros, e o principal diferencial para nós foi a cobertura: a internet do nosso celular funcionou com uma ótima velocidade em todas as cidades que visitamos, mesmo as mais distantes e menores.

Usando o celular em Roma

Outro ponto que achamos um diferencial foi o atendimento da empresa, que é excelente. Ele é super prestativo, tanto que a empresa tem uma excelente nota no “Reclame Aqui”, com pouquíssimas reclamações. Essa é uma dica que sempre damos para as pessoas: olharem nesse site antes de comprar o chip ou qualquer outro serviço.

Usando o celular

8. Levar dinheiro para a Itália

Recentemente surgiu uma nova forma de levar seu dinheiro de maneira segura e online, estando ainda no Brasil, e usar tranquilamente em sua viagem! Essa nova forma de levar dinheiro ao exterior é, sem dúvidas, a melhor opção de todas.

Trata-se de abrir uma conta digital global em dólar, e utilizar o cartão dessa conta para fazer todos seus pagamentos e saques no exterior (independente da moeda do seu destino)! Apesar de ser em dólar, ela funciona para centenas de moedas!

Como enviar dólares para os EUA do Brasil: banco

De forma geral, a compra dos dólares na conta digital que indicamos acaba saindo MUITO mais barato, pois você compra na cotação comercial, que é a mais barata de todas. Os bancos e casas de câmbio utilizam a cotação turismo, que é bem mais cara que essa.

E, além disso, ao invés de pagar 5,38% de IOF na hora de usar o cartão no exterior, você paga somente 1,1% (além de não pagas tantas taxas)! É uma economia gigantesca, não só de dinheiro, mas de tempo (já que você faz tudo online e com muita segurança). Pode pesquisar!

Como abrir essa conta global, do Brasil?

Hoje em dia, existe uma conta digital global brasileira, que já está super conceituado no mercado, e que permite que você crie uma conta nos EUA em menos de 5 minutos. É justamente ele que nós indicamos.

Com essa conta, você consegue colocar dólares e utilizar seu dinheiro em qualquer país do MUNDO. Ou seja, dá para abri-la para sua viagem, mas usar em viagens futuras também. E o único documento exigido é seu RG ou CNH. Veja mais vantagens:

Como abrir conta nos EUA do Brasil

Se já quiser baixar o app e começar a criar sua conta global, basta clicar aqui na conta digital. E como muita gente está abrindo a conta com eles por causa de nossos blogs (e por ser realmente uma opção bem mais vantajosa), conseguimos um cupom para nossos leitores!

Quem abrir a conta com o código de convidado GRUPODICAS20 ganhará até 20 dólares ao fazer a sua 1ª remessa de câmbio, em até 15 dias desde a abertura da conta.

Com a conta aberta, você consegue enviar dinheiro da sua conta do Brasil (em reais) para essa (em dólar) facilmente pelo app, e ver quanto está o câmbio atual. E já dá para utilizar, fazer compras em estabelecimentos do mundo todo, não importa qual seja a moeda e o país!

Você vai pagar lá no estabelecimento na moeda que eles te cobrarem e na sua conta o valor já virá descontado automaticamente em dólar.

OUTRAS VANTAGENS:

  • Pode ir acumulando seus dólares aos poucos conforme a cotação estiver boa e ainda deixar eles investidos (eles permitem que você invista seus dólares em alguns fundos de investimento) para irem rendendo até sua viagem.
  • Consegue usar o cartão em qualquer lugar do mundo, então em todas as futuras viagens você já utiliza a mesma conta.
  • O atendimento e suporte é todo em português.
  • Não tem taxa nenhuma para manter ou abrir a conta.
  • Você pode também fazer saques nos caixas eletrônicos do exterior para ter um pouco do seu dinheiro em espécie na viagem. E os dois primeiros saques são isentos de qualquer taxa!
  • Assim que criar a conta, você automaticamente terá um cartão virtual de débito no seu celular, que já pode usar para fazer compras, mas pode solicitar também o cartão físico.
  • E agora eles possuem uma sala VIP bem legal no aeroporto de Guarulhos. Um ótimo benefício e você vai poder utilizar ela em todas as suas viagens.
  • Não se esqueça de utilizar o cupom GRUPODICAS20 na abertura da sua conta para ganhar até 20 dólares.
Sala VIP Guarulhos - Conta Global Digital Nomad

Outras alternativas para comprar euros

Para quem não quiser abrir a conta por algum motivo ou quiser já levar um pouco de euros em dinheiro, a gente sempre compra nessa casa de câmbio aqui. É uma das maiores empresas de câmbio do país, tanto pela segurança como pelo preço. E, você consegue fazer tudo pela Internet e eles entregam na sua casa através de um portador. Mas a conta global ainda é disparada a melhor opção.

9. Hospedagem na Itália

Outro item essencial para planejar uma viagem à Itália é a hospedagem. Porém, também é possível economizar muito nela. A principal dica para pagar mais barato é utilizar esse Pesquisador de hotéis na Itália. Nele, você encontra ótimos hotéis na região que você deseja, e o melhor: com preços incríveis!

É o maior site de reservas de hotéis do mundo e, por isso, é o melhor lugar para reservar com confiança e segurança. Sem falar que ele tem todos os hotéis da Itália e do mundo nas suas pesquisas, além de preços imbatíveis pela forte negociação que fazem com os hotéis.

Quarto no Acca Palace AA Hotels em Milão

Uma vantagem desse buscador é que ele tem uma parceria fortíssima com os estabelecimentos. Por isso, oferecem cancelamento grátis para quase todos os hotéis. Isso é ótimo, pois você consegue reservar suas diárias com antecedência para garantir os melhores preços.

E, então, se depois encontrar uma hospedagem melhor ou não quiser ficar no hotel que você reservou, é só cancelar sem nenhum custo.

O que fazer no verão em Florença

Mais dicas para economizar em sua hospedagem e viajar barato para a Itália

Outra dica é reservar suas diárias com o máximo de antecedência, para conseguir os melhores preços nos melhores hotéis. Outro ponto a se considerar é a localização. Quanto mais próximo aos pontos turísticos, mais caro ficará sua hospedagem.

Em contrapartida, o tempo e custo com locomoção são menores, permitindo que você aproveite ainda mais os passeios. Nas principais cidades italianas, como Roma, Veneza e Milão, é o mais indicado, para conseguir aproveitar melhor os passeios.

Porém, se você deseja realmente viajar barato para a Itália, também pode ficar em bairros ao redor do centro turístico. Eles são mais em conta, sem perder a segurança e a qualidade. E, então, utilizar um carro alugado, ou outro meio de transporte, para chegar até as atrações.

Vista do Hotel Four Seasons em Milão

10. Transportes na Itália

Cada cidade italiana possui suas características na questão do transporte. Mas, em geral, os melhores meios de transporte para utilizar no país são: carro alugado, transfer e trem. Veja, a seguir, algumas dicas para economizar ao utilizar cada um deles:

Carro alugado:

A melhor forma de se locomover pela Itália é com um carro alugado. O país é enorme, com várias cidades incríveis e, por lá, você pode fazer roteiros de carro com paisagens belíssimas ao redor. Além disso, você tem maior liberdade, segurança e conforto em seu roteiro de viagem.

Carro na rua de Roma

A melhor forma de economizar no aluguel de carro na Itália é utilizando comparadores. Nós temos alguns excelentes, que fazem toda a pesquisa para você e oferece preços realmente incríveis. Uma dica para economizar ainda mais é utilizar os dois comparadores e ver qual encontra o melhor preço.

Aluguel de carro na Itália

Veja, também, um incrível roteiro de carro para fazer pela Itália.

Transfer:

Se você não for alugar um carro, outra ótima maneira de ir do aeroporto até o hotel, e vice-versa, é de transfer. Ele acaba saindo mais barato do que o táxi, é muito mais seguro e você não precisa esperar em filas, correndo o risco de perder tempo procurando um. Com o translado, você reserva e paga tudo antecipadamente, e conta com o melhor atendimento desde a sua chegada no aeroporto.

Abrindo porta do transfer na Itália

Esse site aqui é o que sempre encontramos os transfers mais baratos e um dos únicos que você pode fazer a compra já em reais. Você não paga as taxas internacionais e IOF que pagaria lá na Itália ou em outro site. E o legal é que também é o lugar que vende os passeios e os ingressos pelo menor preço. Você já pode comprar tudo em um único lugar, pois facilita muito.

Trem:

Uma dica para conseguir achar as melhores passagens com os menores preços é utilizar esse Pesquisador de trens da Europa. Além de ser o maior site de passagens de trem do mundo, ele faz uma pesquisa em todas as melhores empresas de trem da Itália e da Europa e, ainda mais, acha as melhores opções.

Trem na Itália

Nós sempre fazemos nossas reservas por lá, pois eles têm os melhores preços. O sistema de busca é muito bom, super fácil de reservar e é o site mais confiável do mundo para reservas de trem. Esta é a melhor forma de comprar as passagens de trem da sua viagem pela Europa.

Estação de trem em Veneza

Veja, também, um incrível roteiro de trem para fazer pela Itália.

Pesquisador de trajetos:

A melhor opção para você conseguir ver todos os transportes disponíveis para ir de uma cidade a outra é usar esse pesquisador de trajetos. É um site excelente que pesquisa todas as opções de avião, trem e ônibus. Além disso, ele só mostra empresas que são de confiança e consolidadas na Europa. Assim, você pode optar pelo transporte mais barato e economizar.

Estrada na Toscana na Itália

11. Ingressos para as atrações na Itália

A Itália é um país repleto de cidades interessantes e pontos turísticos imperdíveis, que são muito requisitados. Portanto, ao planejar sua viagem para lá, é importante se planejar bem e adquirir os seus ingressos com antecedência, pelo menor preço e sem pegar filas.

Nós indicamos este Site de Ingressos da Europa, que é um dos maiores do mundo. Ele vende passeios, tours e entradas para todas as atrações das cidades da Itália, com todas as descrições completas e muitas facilidades. Com ele, a comodidade e segurança são garantidas!

Paisagem do Fórum Romano em Roma

Quando você faz a compra de seus ingressos, eles chegam em seu e-mail. Atualmente, isso é uma grande vantagem e praticidade. Logo após, é só imprimi-los e mostrar em seu celular na entrada da atração. E outra vantagem é que não precisa colocar o nome de cada pessoa no ingresso, caso adquira mais de um. Isto porque eles vêm em nome do titular do cartão e são válidos.

Paisagem de Portofino na Itália

Veja, também, algumas matérias com dicas de passeios e pontos turísticos na Itália:

Economize com os passeios gratuitos na Itália

As cidades italianas também oferecem vários passeios gratuitos muito interessantes. São ótimos para você viajar barato para a Itália e, ainda assim, se divertir muito por lá.

Em Roma, por exemplo, você pode visitar a Fontana di Trevi, a Villa Borghese e as diversas praças na cidade, como a Piazza Navona. Já em Florença, tem a Catedral di Santa Maria del Fiore, a Piazza dela Signoria e a Ponte Vecchio, com uma bela vista para o Rio Arno.

Em Milão, conheça a encantadora Piazza del Duomo, a Galeria Vittorio Emanuele II, o Castelo Sforzesco e o Parque Sempione. E, em Veneza, visite a famosa Piazza San Marco, onde está a basílica de mesmo nome, a Basilica di Santa Maria della Salute e cruze a Ponte di Rialto.

Piazza San Marco em Veneza

Outra opção bem legal de passeio são os chamados Free Tours. Algumas empresas oferecem esses passeios em várias cidades italianas, que são totalmente gratuitos. Um guia faz uma excursão pela cidade explicando todos os detalhes de seus pontos turísticos.

Apesar de não ser obrigatório, é bastante comum e bem-visto os visitantes darem uma gorjeta para o guia ao final do trajeto. Esse valor fica a critério de cada um.

Para fazer esses tours é só entrar neste site, que é o mesmo que vende os ingressos pagos. Ao escolher a cidade de sua preferência, é só ordenar os passeios por “Preço (os mais baratos primeiro)”. E, pronto. Aparecerão todas as opções de Free Tours daquela região.

Ponte Vecchio em Florença

12. Alimentação na Itália

A culinária italiana é bastante famosa no mundo todo, portanto aproveite para experimentá-la durante a sua viagem. Em todo o país, há opções de restaurantes com boa comida e valores acessíveis. E, uma boa dica para economizar é ir aos estabelecimentos mais afastados do centro turístico.

Além disso, muitos restaurantes costumam deixar o cardápio aberto logo na entrada. Então, aproveite para ver as opções de pratos e os valores antes de entrar, para não ter surpresas. As pizzas costumam ser os pratos mais baratos.

Restaurante La Buona Novella em Florença

O vinho também é uma bebida muito barata na Itália, muitas vezes até mais do que um suco ou refrigerante. E você pode pedir o vinho da casa, que costuma ter o valor mais baixo ainda. Outra opção é pedir água de graça nos restaurantes.

Em toda a Europa, é comum as pessoas pedirem água da torneira nos restaurantes, pois ela é tratada e ótima para o consumo. Se você pedir somente “water”, trarão uma garrafa de vidro de água natural, que é um pouco cara. Por isso, solicite a “tap water”. É algo super normal por lá.

Vinho com duas taças em Veneza

Veja as nossas matérias de restaurantes em duas das principais cidades italianas:

Economize ao máximo na sua viagem à Itália:

  • Economizando: quer planejar sua viagem aproveitando melhor o seu orçamento? Não deixe de ler nossa matéria de como viajar barato para a Itália, com todas as dicas para economizar ao máximo, sem deixar de aproveitar!
  • Ingressos: saiba onde comprar seus ingressos para as atrações da Itália da forma mais barata e segura.
  • Carro: esse é um item que facilita muito para transitar no continente e nas ilhas. Se você estiver pensando em alugar um, não deixe de ler como alugar um carro na Itália. São dicas de como alugar um veículo pelo menor preço possível.
  • Euros: conheça qual a melhor forma de levar seu dinheiro para a Itália, com os prós e contras de cada opção. Existe uma nova forma que é muito mais barata!
  • Celular: quer usar o celular durante toda a viagem, sem preocupações? Já garanta um chip internacional, ainda no Brasil, clicando aqui. É mais fácil e barato!
  • Hospedagem: veja nossa matéria de onde ficar em Roma para saber qual é a melhor localização e como economizar muito no hotel.
  • Seguro viagem: o atendimento médico no exterior pode sair caro, e é super importante fazer um seguro viagem para estar coberto contra imprevistos. Veja aqui as dicas de como conseguir o melhor (e mais barato) seguro viagem.
  • Transfer: precisa de um para ir do aeroporto ao hotel? Saiba aqui como reservar e pelo menor preço!