Dubrovnik

Meses de alta e baixa temporada em Dubrovnik

Saiba quais são os meses de alta e baixa temporada em Dubrovnik. Sua experiência na cidade vai mudar de acordo com a época do ano!

Meses de alta e baixa temporada em Dubrovnik

Saiba quais são os meses de alta e baixa temporada em Dubrovnik. Sua experiência na cidade vai mudar de acordo com a época do ano!

Clima na Croácia

Antes de falarmos especificamente de Dubrovnik, vale contextualizar um pouco sobre o clima da Croácia. O país tem três tipos de clima diferentes: mediterrâneo, continental e de montanha. Essa diversidade se dá por causa de sua localização, no encontro entre Europa Central, Mediterrâneo e Sudeste Europeu, o que faz com que o país tenha geografia variada e proximidade com o mar. Por isso, diferentemente de outros lugares, fica mais fácil falar em clima de acordo com a região, e não apenas segundo os meses do ano.

Por estar localizada na costa Adriática, a cidade de Dubrovnik tem clima mediterrâneo. Isso quer dizer que os verões são quentes e secos e os invernos brandos e úmidos. Os verões são longos, com temperaturas médias que variam entre 25°C e 30°C. Já os invernos são mais amenos, considerando o usual para grande parte da Europa, com temperaturas médias em torno de 5°C a 10°C. O outono e a primavera são estações de transição.

Alta temporada – Junho a setembro

De junho a agosto, os termômetros tranquilamente ultrapassam 30ºC. O tempo é seco e os dias costumam ser bastante ensolarados. Como Dubrovnik é um destino costeiro, e por ser verão na Europa, é a época mais movimentada e, consequentemente, mais cara para visitar a região.

Esse movimento reflete muito nos preços. A começar pela passagem, que pode ficar até 50% mais cara. Falando nisso, usar um comparador de passagens aéreas, que filtra tudo que há disponível nas principais companhias aéreas e te mostra as melhores opções disponíveis.

Outra dica: reserve a hospedagem com antecedência. Assim você garante que conseguirá uma acomodação com bom custo-benefício. Para encontrar o melhor preço, a gente sempre usa um comparador de reservas. Nele, dá para adicionar filtros e encontrar o hotel perfeito para aquilo que você procura, vendo o preço em reais e a disponibilidade para a data da sua viagem em poucos segundos.

Em setembro, quando começa a transição para o outono, as temperaturas começar a diminuir gradativamente. É um mês em que costuma ficar um calor agradável, com as temperaturas variando entre 25ºC e 28°C. A lotação começa a diminuir, mas ainda fica bastante animado.

Praia de Banje

Baixa Temporada – Outubro a maio

Em outubro, as temperaturas já ficam mais amenas, na casa de 15ºC – 20ºC. Ocasionalmente, chove. Em novembro, o tempo fica ainda mais fresco, e as temperaturas caem um pouco mais, para cerca de 10ºC a 18ºC. É um mês úmido. Em seguida, vem dezembro, janeiro e fevereiro, quando fica bem mais frio, com as temperaturas frequentemente chegando a 5ºC.

Em março, começa a esquentar, com as temperaturas voltando a ficar entre 10ºC e 15ºC. É também a época das flores aparecerem. Em abril, fica quente e ensolarado, com máximas de 25ºC. Apesar disso, ainda é uma época que é considerada baixa temporada, porque o movimento é bem menor do que no verão.

Inverno em Dubrovnik

Economize ao máximo na sua viagem para Croácia:

  • Economizando: quer planejar sua viagem aproveitando melhor o seu orçamento? Antes de mais nada, leia a nossa matéria de como viajar barato para a Croácia, porque nela você vai encontrar todas as dicas para economizar ao máximo, sem deixar de aproveitar!
  • Ingressos: saiba onde comprar seus ingressos para as atrações da Croácia da forma mais barata e segura.
  • Carro: esse é um item que facilita muito para transitar dentro do país e também para visitar países próximos. Por isso, se você estiver pensando em alugar um, não deixe de ler como alugar um carro na Croácia. São dicas de como alugar um veículo pelo menor preço possível.
  • Euros: conheça qual a melhor forma de levar seu dinheiro para Croácia, com os prós e contras de cada opção. Existe uma nova forma que é muito mais barata!
  • Celular: quer usar o celular durante toda a viagem e todas as vezes em que for necessário, sem preocupações? Já garanta um chip internacional, ainda no Brasil, clicando aqui. É mais fácil e barato!
  • Hospedagem: veja nossa matéria de onde ficar em Zagreb para saber qual é a melhor localização e como economizar muito no hotel.
  • Seguro viagem: o atendimento médico no exterior pode sair caro. Por isso, é super importante fazer um seguro viagem para estar coberto contra imprevistos sempre que necessário. Veja aqui as dicas de como conseguir o melhor (e mais barato) seguro viagem.
  • Transfer: precisa de um para ir do aeroporto ao hotel? Saiba aqui como reservar e pelo menor preço!