Curitiba

Como é o inverno em Curitiba

Com baixas temperaturas, é importante colocar um bom casaco, bota e roupas térmicas para curtir a viagem ao máximo

Como é o inverno em Curitiba

Independente de onde estiver no Brasil, do dia 20 de junho até 23 de setembro, a estação mais fria do ano é protagonista. No inverno, Curitiba é uma cidade bastante procurada, sobretudo, pelos pombinhos para curtir o clima a dois.

Apesar da baixa temperatura, é possível conhecer parques, museus, além de deliciar-se em um excelente restaurante; confira:

Como fica o tempo?

Os termômetros não ultrapassam a casa dos 20ºC na capital paranaense no inverno. Inclusive, nos dias mais frios, há possibilidade de gear.

Mesmo com ventos extremamente gelados, CWB (sigla popular para Curitiba) recebe turistas do mundo todo.

Inverno em Curitiba

Passeios em Curitiba no inverno

Curitiba é considerada uma das cidades mais geladas no Brasil durante o inverno, mas não é impeditivo para bater perna e conhecer alguns pontos turísticos.

Como o inverno é bastante rigoroso, é importante colocar na mala roupas térmicas, botas e capa de chuva para curtir a viagem.

1. Jardim Botânico de Curitiba

É um dos maiores cartões-postais e o ponto turístico mais visitado da cidade. Inspirado nos jardins franceses, estende tapete de flores aos visitantes logo na entrada.

No inverno, o local ganha um charme extra: camadas de gelo. A entrada é gratuita.

Endereço: R. Engo Ostoja Roguski, 690 — Jardim Botânico
Horário de funcionamento: segunda a domingo, das 6h às 19h30

Jardim Botânico no inverno

2. Ópera de Arame

Localizada dentro do Parque das Pedreiras, a grande cúpula de estrutura tubular e vidro foi construída em apenas 75 dias e inaugurada em 1992. Recebe todo tipo de espetáculo, do popular ao clássico, com capacidade para 1.572 espectadores.

O espaço possui teatro, palco flutuante, restaurante, loja e atividades culturais. É possível chegar de transporte público; basta pegar a Linha 176 de ônibus. O passeio tem duração de 30 minutos.

Ópera de Arame no inverno

3. Centro Histórico de Curitiba

Este ponto turístico é um dos mais importantes da capital paranaense. Famosa pelo zelo, Curitiba preserva as ruas do centro com arquitetura e muito charme. Por lá, existem muitos espaços direcionados aos pedestres, facilitando a locomoção.

No roteiro, há 27 pontos para curtir, como a Praça João Candido, onde estão o Belvedere e as Ruínas de São Francisco, Cine Passeio, Sesc Paço da Liberdade e até o moderno Memorial de Curitiba. A caminhada dura, em média, 2 horas.

Centro de Curitiba no inverno

4. Mercado Municipal de Curitiba

Esta visita é fundamental e não pode faltar na listinha, seja no verão ou no inverno de Curitiba.

Fundado em 1958, é o principal e mais tradicional endereço para compras da capital paranaense, com produtos nacionais e importados.

O Mercado tem barracas com queijos, temperos, frutas, verduras, embutidos e carnes. Ainda é possível saborear pratos típicos curitibanos, como pão com bolinho, carne de onça e barreado.

Além das opções para comer, há lojas para comprar roupas, eletrônicos e artigos para casa.

Endereço: Av. Sete de Setembro, 1865 — Centro
Horário de funcionamento: terça a sábado, das 8h às 18h, aos domingos, das 8h às 13h

Mercado Municipal de Curitiba

5. Jantar no Bobardí

Para os pombinhos, a dica é este restaurante. Com proposta de fazer releitura de pratos clássicos da alta gastronomia internacional, este restaurante possui ambiente moderno, intimista e espaçoso. 

Conta, ainda, com uma charmosa adega de vinhos e um bar com opções para todos os paladares.

Por lá, os pratos mais recomendados são: filé mignon com conchiglione de pêra ao molho gorgonzola e polvo com batatas assadas. O ticket médio fica na casa dos R$ 80.

Endereço: Av. Munhoz da Rocha, 757 — Cabral
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 11h30 às 14h30, e das 19h às 23h, aos sábados, do meio-dia às 15h30, e das 19h às 23h, aos domingos, do meio-dia às 15h30

Restaurante Bobardí

Feiras de inverno em Curitiba

A capital paranaense promove feiras especiais na estação para aquecer os turistas. Há programação cultural, gastronômica e lazer.

Há também oficinas de música, artesanato e cultura.

Feira de inverno em Curitiba
  • No nosso canal do YouTube, você verá ainda mais recomendações de Curitiba e muitos outros destinos pelo mundo.

Como achar passagens baratas para Curitiba?

Além de ser uma capital, Curitiba é um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil. Por isso, será fácil encontrar inúmeras opções de passagens de avião.

No entanto, o grande fluxo de ofertas pode confundir, por isso, indicamos este comparador de passagens aéreas

Usamos a plataforma porque é um jeito de descobrir rapidamente as informações dos melhores voos, pois o site compara os preços das companhias, além de mostrar várias opções de trajetos e horários.

  • Uma dica valiosa é procurar pela data do voo em dias de semana, pois às sextas, sábados e domingos o preço costuma ser muito maior. Outro detalhe importante é checar os horários: as passagens noturnas costumam ser mais baratas.
Avião no céu

Como economizar nos ingressos de passeios em Curitiba?

Curitiba promove diversos passeios gratuitos, mas há opções pagas. E comprar ingresso para passeios concorridos com antecedência é garantir preços mais acessíveis e evitar filas.

Nós sempre fazemos isso em nossas viagens e economizamos muito tempo. E para adquirir os bilhetes, usamos sempre este site aqui.

Gostamos muito dos valores e sabemos que é uma plataforma de confiança, por ser um das mais famosas do mundo para obter ingressos. E, na nossa opinião, vale a pena reservar os seguintes passeios em Curitiba:

  • Excursão pelo Caminho do Vinho de São José dos Pinhais
  • Tour panorâmico por Curitiba
  • Tour noturno por Curitiba + jantar italiano
  • Tour gastronômico por Curitiba
Cacho de uva

Leia mais matérias sobre Curitiba: